domingo, 29 de janeiro de 2012

Novidades no mercado de pneus

A francesa Michelin cria pneus mais duráveis para motos, já a japonesa Bridgestone pensa na criatividade e desenvolve nova técnica de impressão em pneus


Na indústria atual, as empresas precisam se atualizar constantemente para não ficarem para trás. E isso vale também para a indústria de pneus. Os mais recentes lançamentos nessa área vêm da Bridgestone e da Michelin. A primeira desenvolveu uma nova técnica de impressão nos pneus, enquanto a segunda criou pneus com maior durabilidade especialmente projetados para motos.

A japonesa Bridgestone desenvolveu uma técnica de impressão em pneus que dispensa o isso da borracha branca na lateral dos pneus para produzir a faixa e letras brancas na área. Além de gastar mais material, a técnica antiga deixava os pneus mais pesados. Graças à nova tecnologia, ao invés de usar mais borracha para evitar a descoloração, uma camada base evita a descoloração, já as tintas usadas foram criadas especialmente para este tipo de impressão. Por fim, uma camada de proteção recobre a pintura e protege a camada externa de danos.

Com isso, no futuro, será possível oferecer uma linha de pneus personalizados com a imagem que o cliente quiser, que podem ser trocadas ou removidas, mantendo o peso original do pneu e a preocupação com o meio ambiente, já que o consumo de combustível não é alterado. O objetivo da Bridgestone é que essa inovação chegue logo ao mercado.



Enquanto isso, a Michelin apresenta no 2º Bike Show, realizado no Riocentro, o Commander II. Segundo a fabricante, o pneu Commander II para o eixo traseiro de motocicletas tem durabilidade de 40 mil quilômetros comprovada em testes feitos nos Estados Unidos. Com índices assim, o pneu teria o dobro da durabilidade dos concorrentes. A empresa informou que esse foi o modo de responder à queixa dos donos de motocicletas custom: a curta vida útil dos pneus, principalmente do traseiro.
Além da maior durabilidade, a rigidez e a carcaça de alta densidade do Commander II garantem uma melhor dirigibilidade, enquanto cabas de aramida na banda de rodagem dos pneus traseiros aumentam a resistência, e asseguram a estabilidade, mesmo em alta velocidade, segundo a francesa. A Michelin divulgou que onze dimensões do Commander II estarão no mercado a partir de fevereiro de 2012.



Fonte disponível no(a): MotorDream.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário